Cartões de crédito que não consulta SPC e Serasa

O dinheiro cada vez é menos utilizado, inclusive aqui no Brasil.

Na China, o dinheiro está se tornando obsoleto, e poderá desaparecer nos próximos anos, com o avanço dos pagamentos digitais. Portanto, todo mundo quer ter um cartão de crédito.

Acontece que a maioria deles são direcionados para pessoas que não estão negativadas. Afinal, é possível conseguir um cartão de crédito que não consulta SPC e Serasa?

Cartões de crédito que não consulta SPC e Serasa

Atualmente, as pessoas utilizam o cartão de crédito para compra de passagens aéreas, no pagamento da mensalidade dos serviços de Streaming, e nas compras diárias no supermercado.

Se você está á procura de um cartão de crédito que não consulta ao SPC e Serasa, saiba que não é tão fácil assim de conseguir.

Isso porque as empresas costumam fazer uma verificação junto aos Bureaus de crédito para saber se o cliente terá condições de arcar com as despesas.

Existem algumas opções para quem possui restrições no SPC e Serasa. Uma delas é o cartão de crédito pré-pago, que iremos falar logo a seguir.

Cartão de crédito pré-pago

Os cartões pré-pagos podem ser uma excelente opção para quem está recuperando a sua saúde financeira.

Isso porque ele não traz nenhuma surpresa juntamente com a fatura do final do mês, pois você precisa recarregá-lo para utilizar.

Cartão de crédito consignado

O cartão de crédito consignado é voltado para aposentados, pensionistas e servidores públicos.

A grande vantagem dele é o fato de não consultar SPC e Serasa e proceder com o desconto em folha de pagamento, diretamente no salário ou benefício do usuário.

Atualmente, são várias opções de cartões de crédito consignado, confira alguns deles logo a seguir.

  • Cartão BMG
  • Cartão Caixa Simples
  • Cartão Daycoval
  • Cartão Olé Consignado
  • Cartão PAN

Infelizmente, não existe nenhum cartão de crédito que não seja pré-pago ou consignado para quem está com o nome negativado.

O melhor a se fazer é começar agora mesmo com uma reeducação financeira, para que você possa se recuperar das finanças.

E consiga recuperar o seu score de crédito e voltar a ter a confiança do mercado, que tanto precisa. Somente depois disso, será possível conseguir crédito, e com melhores condições.