Crédito rotativo no cartão de crédito: O que é isso? Para que serve?

Há meses em que se torna mais difícil manter suas contas em ordem. Portanto, o cartão de crédito passa a ser uma opção, já que você pode pagar a conta mínima. Mas vá com calma! Você sabe o que é o crédito rotativo no cartão de crédito e como funciona? Fique atento.

Além de explicar esses pontos, separamos algumas dicas para que você não se enrole com um cartão. Além disso, esteja atento a medidas cautelares para evitar a insolvência.

Analise tambémCartão de crédito Like Bradesco: Nova opção do Bradesco com solicitação 100% online e Cashback

O que é crédito rotativo no cartão de crédito?

É uma modalidade de crédito que é oferecida ao consumidor quando ele não paga a conta do cartão integralmente.

Podemos citar como exemplo o pagamento mínimo de uma fatura do cartão. No entanto, a rotatividade ocorre quando você paga menos do que o valor total da fatura do mês.

Essa diferença entre o valor efetivamente pago e o valor total da fatura até o vencimento torna-se um empréstimo. E é por isso que você tem juros sobre o resto que fica pendente para pagar.

Como funciona o crédito rotativo na fatura?

A empresa que emitiu o cartão avalia sua situação financeira e sua capacidade de reembolsar o limite oferecido.

O empréstimo rotativo só pode ser usado por um mês. Se você não puder pagar o valor total em sua próxima fatura, a empresa pode oferecer outra linha de crédito. Nesse caso, ele pode ser parcelado e deve ter condições mais favoráveis ​​do que um crédito rotativo.

Regras para utilizar o crédito rotativo no cartão de crédito

Em abril de 2017, entraram em vigor as novas regras para o cartão de crédito rotativo. O objetivo é reduzir os juros que os consumidores pagam por essa linha de crédito e evitar o super endividamento.

O Rotativo passou a ter um limite de 30 dias. Depois disso, o valor deve ser pago integralmente. Uma alternativa é fazer outro tipo de empréstimo para pagar a conta caso seja necessário.

Em que você deve prestar atenção no rotativo

Quando se trata de crédito rotativo, você deve prestar bastante atenção em:

  • Esteja sempre atento à fatura do mês;
  • Conheça as taxas de juros cobradas pelo banco emissor do cartão;
  • Cuidado com as compras parceladas. Anote suas despesas para não esquecer e gastar mais do que deveria;
  • Verifique se os termos se encaixam no seu orçamento;
  • Tente pagar o valor total da conta para evitar juros pesados.

Opções para pagar a fatura do cartão de crédito

Caso você não tenha o valor total pagar a conta, procure outras opções de crédito no mercado com uma taxa de juros mais baixa.

  • Verifique na fatura qual a taxa de juros cobrada no crédito rotativo;
  • Simule as opções de crédito no Serasa eCred com o valor que você precisa;
  • Compare o que é mais barato para pagar a fatura inteira do cartão.
Leia tambémEmpréstimo Click Cash online: Como contratar utilizando seu celular

Lembre-se de que um crédito rotativo é um crédito de emergência. Se você manter a organização de suas finanças, não pagará essa taxa de juros.